Smartravel'16

Date
2-12-2016 and 3-12-2016
Partners
Be our partner
Local
Bragança
Speakers
Prestigious Panel

About SMARTRAVEL’16

It’s already inevitable to talk about SMARTRAVEL we are by own effort part of International calendar related with Smart Cities and Smart Tourism.
The event started in 2014, in a remote region but full of potential and committed people, authorities and partners that decided to support and risk the creation of a International Event that become one of the most relevant and notorious in the world and we only have 2 editions.
The SMART TRAVEL event gathers knowledge but also shares ideas and creates the correct environment to co-create solutions and strategies towards a sustainable development of cities and regions contributing to improve their citizen’s quality of life and, most important of everything, their happiness.

SMARTRAVEL’16 will be…

Surprisingly amazing. Again.

Every year we challenge some of the bright minds and top global experts, corporation leaders, city leaders, strategy and creative people from tourism sector and smart cities areas.

They become partners and friends of the Northeast region and that’s the main goal of this event. Nurture human and friendly bonds that can help the region to thrive in a transparent and sustainable way.

We challenge also local companies, city authorities and administration, students, researchers, and also experts and citizens in general to participate and contribute in the same way to the reflection, questioning and sharing their own valuable experiences and showcase their solutions and innovations.
We want the best audience for the best speakers.

Abertura Smartravel'15

Smartravel'15

Smartravel'15

Fecho Smartravel'15

THE CITY OF BRAGANÇA

It’s not enough to be charming and magical. To hold great natural and cultural conditions. To offer good food and quality hospitality services. It’s also an urgency to make all these conditions and potential that Bragança and the Trás-os-Montes region already have contribute to the economic development, creating a solid value chain to keep population and attract more people and investment.
BRAGANÇA is proud of all its cultural and natural richness but especially is proud of its human capital. Authentic and genuine souls that we can still find walking around the city, villages and towns of the region.
BRAGANÇA wants to share all this but also protect. That’s the true smartness. To increase value and avoid the acculturation and massive exploitation of resources, damaging the natural essence of this region. BRAGANÇA, once protected the kingdom and the country. Now it’s the natural keeper of the values and ancestral culture and ways of life.

TOURISM AND INNOVATION, CITIES AND REGIONS

Developing cities and promoting economic and sustainable growth using Tourism as fundamental pillar, it’s the central core of SMARTRAVEL’16 and couldn’t be in other way. With economic opportunities, cities don’t grow, nor thrive. Without prosperity, they can’t even keep their population numbers stable and may create unhappiness among their citizens.
Tourism, it’s a two faced industry. In some parts of the world is seen as a big threat. In others it’s the reason for magnificent miracles.
Tourism can be an enormous ally if there’s balance and harmony between the product based on cultural, natural and built heritage and populations. Tourism stakeholders must be committed to rely n sustainable forms of taking advantage of this extreme valued potential.
But even if they’re committed to this, it will be necessary to organize the strategy and create the tools to use it properly and get the optimized results.
Innovation, Creativity and Investigation are key to bring the world to these type of regions, with smashing it.
Can we do that? Is it possible to keep the balance? How thin is the line and how much can cost to break it for future generations? Some questions to debate in the SMARTRAVEL’16 that will also put on stage some of the most innovative tools that can contribute to a successful Smart Destination and Smart Cities strategy.

Panel of Speakers

Teresa Ferreira
Teresa Ferreira
Miguel Brito Campos
Miguel Brito Campos
António Pombinho
António Pombinho
Paulo Afonso
Paulo Afonso
Carlos Monteiro
Carlos Monteiro
D. José Cordeiro
D. José Cordeiro
Artur Cascarejo
Artur Cascarejo
Catarina Selada
Catarina Selada
Gil Nadais
Gil Nadais
Miguel de Castro Neto
Miguel de Castro Neto

Upgrade yourself

*Required fields

Schedule

Presentation

Drinks and Photo Family

Closing Remarks

Dominika Belanská

José Carlos Mota (UNI. AVEIRO)

Miguel Brito Campos (INDRA)

Coffee-Break – Networking

Paulo Afonso (Regional Stakeholders Round)

Dimitrios Buhalis

Susana Conde

Opening Remarks

Bragança Authentic

Bragança Innovative and Sustainable

Bragança Pure Estate

Cultural Bragança

Silent Tour Braganca

TOURS AND EXPERIENCE

The second part of the SMARTRAVEL’16 will be dedicated to Tours and Experiences in the city and within the region. The event will offer to the delegates the chance to experience some demonstrations of the best cases and also will create some creative and unforgettable tours.
WELCOME TO BRAGANÇA! Welcome to the Northeast of Portugal.

Testimonials SMARTRAVEL

”O Smart Travel é um dos eventos que mais conhecemos em Portugal.
As cidades cada vez têm maior importância quando falamos de promoção económica e, neste momento, é fundamental repensar as cidades e dotá-las de instrumentos para que essa promoção se concretize. Este evento foi muito importante para isso.”

Esteve Almiral, Director of CIC- Center for Innovation in Cities

”Inicialmente fiquei até intrigada com o conceito do Smart Travel. Agora aqui percebi como foi inteligente este evento, como foi capaz de trazer conhecimento para a gestão das cidades, é necessário ter inteligência para tirar proveito de forma sustentável.

Saskia Beer, Zo!City

”O Smart Travel é fantástico e foi uma óptima ideia trazer o conceito de inovação urbana, que vulgarmente associados a grandes cidades, para as pequenas e médias cidades.

Mikele Brack, Founding Partner, Urban Living Futures

”Trazer ao interior às pequenas cidades experiências e maneiras de abordar os temas das Cidades Inteligentes, não só cria a capacidade de os cidadãos poderem ficar a par do que são as melhores práticas, como de alguma forma incentiva a que se possam formar as redes necessárias para que alguns projectos se possam realizar.”

António Santos, IBM Smarter Cities Leader for Spain, Portugal

”O que considero mais importante neste evento é a variedade dos oradores, há aqui gente dos quatro cantos do mundo, que trazem conhecimentos e experiências diversificadas e muito interessantes. Adorei e sinto-me honrada poder fazer parte deste evento. ”

Mara Balestrini, Ideas for Change

”Vou a muitos congressos na Europa, Ásia, América e encontrei nesta pequena cidade um evento ao mais alto nível. Auguro que o Smart Travel, inevitavelmente, vai ser uma referência na Europa, na área dos congressos em Smart Cities. ”

Alberto Barnal, INDRA

”Assistimos aqui a uma conferência de elevada qualidade, vou a muitos congressos por todo o mundo e normalmente não encontro a qualidade que encontrei aqui, no Smart Travel.

Sabrina Coccia, Smart Metropolis / International Expert

”O Smart Travel tem uma produção fantástica! Fiquei muito surpreendido com a cidade, com a organização. Assistimos aqui a uma série de apresentações muito interessantes, sobretudo porque se complementaram e no final temos uma visão muito completa e integrada do momento que vivem as cidades e a inovação urbana.”

Daniel Sarasa, OpenYourCity

”Há seis tendências emergentes: visão, co-criação, apoio a empreendedores, inovação, criar distritos de inovação e fazer cidades abertas (sharing cities). Proponho que o Nordeste de Portugal seja a primeira Smart Sharing Region do mundo.”

BOYD COHEN, PH.D, Urban Strategist, Smart Cities, Civic Entrepreneurship, Innovation, Sharing Economy, Professor

”Continuamos a utilizar ferramentas do século XIX para desenhar cidades do século XXI(…) Reivindico a ‘Policy Making’: ação e decisão política. É preciso decidir, podes-te enganar, mas é preciso atuar(…) É a hora dos valores intangíveis.”

PABLO SÁNCHEZ CHILLÓN, Political Scientist, Urban Planner and Innovation Researcher, co-founder and CEO of Eolexcitylab

”Internet somos nós, já é uma parte nossa(…) É preciso desenvolver plataformas de software aberto que permitam desenhar e fortalecer as operações e a memória do meio rural e urbano, facilitando a interação entre pessoas, lugares e coisas.”

STEVE LEWIS, CEO, Founder of Living PlanIT, the award winning international technology company that licenses the PlanIT Operating System, London

”Cidades e territórios pequenos devem trabalhar em rede para ganhar massa crítica(…) É preciso captar talentos empreendedores(…) Quatro conceitos básicos: cultura, criatividade, tradição e inovação. Não há um modelo único de smart city, cada uma tem o seu.”

CATARINA SELADA, Director of `Cidades&Territórios of INTELI and responsable of RENER, Lisboa

”O primeiro passo é conseguir consenso entre todos os membros da comunidade na determinação de querer ser um destino inteligente(…) para dinamizar o turista é necessário geolocalizar os recursos, fidelizar o visitante e voltar ao contacto pessoal.”

FRANCIS ORTIZ, Creative Art&Design Studios, Founder of UBIKUA, Tenerife

”Precisamos uns dos outros para viver em rede(…) Caminhamos para um mundo urbanizado e na cidade é onde acontecem as coisas. As cidades são como é a sua gente(…) Havemos de passar de Smart Cities a Internet of Cities. É necessário colaborar, partilhar problemas e soluções.”

MANEL SANROMÀ, Chief Information Officer Barcelona City Council

”A forma de entender as cidades mudou. A co-criação está a mudar a estrutura de atuação: o cidadão também pode produzir serviços(…) Tem de haver liderança social e não apenas política(…) Entre cidades deve primar a solidariedade.”

ÍÑIGO DE LA SERNA, Mayor Santander, President of FEMP and RECI, Santander

”O essencial de uma smart city é que seja humana(…) Cada cidade tem a sua própria identidade(…) Os próximos 15 anos serão profundamente transformadores. Temos quatro revoluções tecnológicas em simultâneo. É preciso mudar o paradigma humano.”

CARLOS MORENO , Scientific Advisor of the CEO of Cofely INEO, GDFSUEZ Group and Member of CSFRS

”As grandes cidades buscam grandes soluções para grandes problemas. Mas as pequenas cidades também têm grandes problemas, só que têm menos população e por ter menor peso político precisam de se reinventar a si mesmas para serem ouvidas.”

VITOR PEREIRA, Founder of Conteúdo Chave, Communication and lnnovation Agency

”Atualmente os ‘social media’ e outras ferramentas online são imprescindíveis para informar sobre destinos turísticos. O ciclo da viagem tradicional mudou, o viajante informa-se primeiro nas redes sociais. As novas funcionalidades mudaram os hábitos do turista.”

CLARA SOLER, Marketing Consultant & online communícation online. CE0 de @turisticate, Madrid

”Há cinco aspetos a ter em conta quando se pretende ser um destino turístico: identificação, proteção, conservação, apresentação e transmissão da herança cultural e natural e as futuras gerações(…) É preciso ouvir sempre o visitante.”

LORENZO CANTONI, President of IFITT - International Federation for Information Technologies in Travel and Tourism

”É fundamental ser diferente, ser criativo, inovar na mensagem(…) Não há que seguir os dogmas existentes para mostrar oportunidades e identificar novos modelos conceptuais. Todo o problema já nasce com a solução. Tudo está já inventado.”

ROB ADAMS, Strategic Innovator. Owner Six Fingers. Author 'No Ego' & 'Ga Vreemd!'

”Colaboração. Colaboração, colaboração(…) As chaves para que funcione um projeto comunitário são: fixar um objetivo comum, criar novos produtos e serviços, ter confiança para o partilhar e desenvolver, tudo de forma inteligente.”

DAVID TUINZING, Co-Founder of Smart Cities Strategies and Founder of The Smart City Kitchen

”Há um novo turista e agora quem manda é ele: é criativo, quer ser único e pratica o ‘do it yourself’. Para chegar é preciso usar as redes sociais(…) os agentes de turismo têm de se renovar(…) é mais importante o ‘como’ do que o ‘quê’. ”

CAROLINE COURET, Co-founder and Director, Creative Tourism Network R

”É preciso unir-se e partilhar problemas, criar uma rede(…) O difícil é saber quais são as coisas simples que é necessário aplicar em cada território concreto. Como disse Ferran Adrià: ‘O importante não é ser o primeiro senão saber que o primeiro é o mais importante’.”

FRANCISCO J. MORCILLO, Planner in Urban innovation&Project Manager. CEO in MB3 GESTIÓN, CEO in AHYSS

Where to Stay

Accommodation offering sensations and emotions that will want to try; comfort and hospitality that create the desire to return.

Contacts

Event's place

THEATER MUNICIPAL DE BRAGANÇA

Square Teacher Cavaleiro Ferreira
5300-252, Bragança
Portugal

Blog

Pinela: Smart Village Example
Pinela: Smart Village Example

Inscreva-se na Experiência “Bragança Genuina” Technology and innovation used in the preservation and the promotion of memory. Pinela is a small village in the county of Bragança (Portugal) that innovatively and intelligently uses some of the best and most practical tools in order to save the memories of its ancestors, to show and promote a […]

SMARTRAVEL 16: Reflection about the future of Cities and Regions with the ‘Smart Tourism’ tool

For the third consecutive year, Bragança hosts the International Smart Travel Congress – Smart Destinations. An event that brings together, in the Northeastern Portuguese region, researchers, thinkers, strategists, entrepreneurs, creative people, administrators, managers and policy makers, with the aim of facilitating access to knowledge, allowing sharing, stimulating reflection, and encouraging the definition of strategies that […]

SMARTRAVEL 16: Reflection about the future of Cities and Regions with the ‘Smart Tourism’ tool
Smart Travel coloca a inteligência ao serviço do desenvolvimento territorial
Smart Travel coloca a inteligência ao serviço do desenvolvimento territorial

Em Dezembro regressa o Smart Travel ao Nordeste Transmontano. O evento dos Destinos, Cidades e Regiões Inteligentes em Portugal. Nos dias 2 e 3 de Dezembro, Bragança volta a ser a capital internacional do Smart Tourism associado às Smart Cities, especialmente às cidades e localidades de menor dimensão, afastadas dos grandes centros urbanos e a […]

© 2016 Smartravel'16